terça-feira, 7 de julho de 2009

argentina - gripe A(H1N1)v

Governo argentino manda funcionários emendarem feriado por conta da gripe
Aulas e eventos já foram suspensos no país.
Gripe H1N1 já provocou a morte de 60 pessoas no país.

Após a suspensão de aulas, o governo argentino declarou nesta terça-feira (7) folga administrativa para sexta-feira (10), que junto com o feriado de quinta-feira (9) causará um fim de semana prolongado, em medida para evitar a disseminação da gripe H1N1, que já provocou a morte de 60 pessoas no país.


O governo evitou declarar um feriado nacional, mas pediu que entidades públicas e privadas tomem atitude similar, no momento em que a doença já atingiu cerca de 100 mil argentinos, segundo o ministro da Saúde, Juan Manzur.


O crescimento da doença na Argentina, que a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou pandemia -- a primeira desde 1968 -- obrigou a suspensão de aulas em todo o país e suspensão de centenas de eventos em lugares fechados, como os teatros.

As autoridades recomendaram à população evitar lugares com grande concentração de pessoas, enquanto o governo e empresas concederam licenças de trabalho aos grupos de risco, especialmente as grávidas, em meio a difusão de medidas-chave de higiene pessoal.

O temor de contágio, que na semana passada levou ao fim do estoque de máscaras e álcool em gel em todo o país, freava o movimento normal dos centros urbanos, com menores públicos em cinemas e teatros, assim como a centros comerciais, bares e restaurantes.

"Não (devemos) aproveitar um feriado prolongado para irmos (de viagem), é um pouco para se recuperar (...) é uma medida mais para ajudar a ficarmos em casa", disse a uma rádio Jorge San Juan, chefe de terapia intensiva do Hospital Muñiz, especializado em infectologia.

A Argentina é o terceiro país do mundo com maior quantidade de mortes causadas pelo vírus, depois do México e dos Estados Unidos, em uma pandemia que já provocou 437 mortes e 95.500 casos em todo o país.

GRIPE A

1. O que é o novo vírus da Gripe A(H1N1)v?


O novo vírus da Gripe A(H1N1)v, que apareceu recentemente, é um novo subtipo de vírus que afecta os seres humanos. Este novo subtipo contém genes das variantes humana, aviária e suína do vírus da gripe e apresenta uma combinação nunca antes observada em todo o Mundo. Em contraste com o vírus típico da gripe suína, este novo vírus da Gripe A(H1N1)v é transmissível entre os seres humanos.

2. Quais os sintomas da doença pelo novo vírus da Gripe A(H1N1)v?


Os sintomas de infecção pelo novo vírus da Gripe A(H1N1)v nos seres humanos são normalmente semelhantes aos provocados pela gripe sazonal:

Febre
Sintomas respiratórios (tosse, nariz entupido)
Dor de garganta
Possibilidade de ocorrência de outros sintomas:
Dores corporais ou musculares
Dor de cabeça
Arrepios
Fadiga
Vómitos ou diarreia [embora não sendo típicos na gripe sazonal, têm sido verificados em alguns dos casos recentes de infecção pelo novo vírus da Gripe A(H1N1)v]
Em alguns casos, podem surgir complicações graves em pessoas saudáveis que tenham contraído a infecção.

3. Como se infectam as pessoas com o novo vírus da Gripe A(H1N1)v?


O modo de transmissão do novo vírus da Gripe A(H1N1)v é idêntico ao da gripe sazonal. O vírus transmite-se de pessoa para pessoa através de gotículas libertadas quando uma pessoa fala, tosse ou espirra. Os contactos mais próximos (a menos de 1 metro) com uma pessoa infectada podem representar, por isso, uma situação de risco. O contágio pode também verificar-se indirectamente quando há contacto com gotículas ou outras secreções do nariz e da garganta de uma pessoa infectada - por exemplo, através do contacto com maçanetas das portas, superfícies de utilização pública, etc. Os estudos demonstram que o vírus da gripe pode sobreviver durante várias horas nas superfícies e, por isso, é importante mantê-las limpas, utilizando os produtos domésticos habituais de limpeza e desinfecção.

4. Qual é o período de incubação da doença?


O período de incubação da Gripe A(H1N1)v, ou seja, o tempo que decorre entre o momento em que uma pessoa é infectada e o aparecimento dos primeiros sintomas, pode variar entre 1 e 7 dias.

5. Durante quanto tempo uma pessoa infectada pode transmitir o vírus a outras?


Os doentes podem infectar (contagiar) outras pessoas por um período até 7 dias, a que se chama período de transmissibilidade. É prudente, contudo, considerar que um doente mantém a capacidade de infectar outras pessoas durante todo o tempo em que manifestar sintomas.

6. A doença pelo novo vírus da Gripe A(H1N1)v pode ser tratada?


O novo vírus da gripe é sensível aos medicamentos antivirais oseltamivir e zanamivir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário