terça-feira, 25 de agosto de 2009

marcha mundial pela paz e pela não-violência(outubro 2009-janeiro 2010)


A Marcha Mundial começará na Nova Zelândia, no dia 2 de outubro de 2009, aniversário do nascimento de Gandhi e declarado pelas Nações Unidas como “Dia Internacional da Não-Violência”. Terminará na Cordilheira dos Andes, em Punta de Vacas, aos pés do Monte Aconcágua em 2 de janeiro de 2010. Durante esses 90 dias, passará por mais de 90 países e 100 cidades, nos cinco continentes. Cobrirá uma distância de 160.000 km por terra. Alguns trechos serão percorridos por mar e por ar. Passará por todos os climas e estações, desde o verão tórrido de zonas tropicais e o deserto, até o inverno siberiano. As etapas mais longas serão a americana e a asiática, ambas de quase um mês. Uma equipe base permanente de cem pessoas de distintas nacionalidades fará o percurso completo.

A marcha é uma iniciativa do Mundo sem Guerras, uma organização internacional impulsionada pelo Movimento Humanista, que trabalha há 15 anos no campo do pacifismo e da não-violência.

No entanto, a Marcha Mundial será construída por todos. Está aberta à participação de toda pessoa, organização, coletivo, grupo, partido político, empresa, etc., que compartilhe a sensibilidade deste projeto. Portanto, não se trata de algo fechado, e sim de um percurso que irá se enriquecendo graças às atividades que se coloquem em marcha conforme as diversas iniciativas.

Por isso, convidamos para a participação ativa: que cada um contribua com sua criatividade, à medida que a Marcha passe por cada lugar, em uma convergência de múltiplas atividades com capacidade para tudo aquilo que a imaginação seja capaz de conceber.

Os canais de participação são múltiplos, destacando a participação virtual na MM, através da Internet.

É uma marcha das pessoas e para as pessoas, que pretende chegar à maioria da população mundial. Por isso, convocam-se todos os meios de comunicação para que difundam esta volta ao mundo pela Paz e pela Não-Violência.
Em sua passagem pelas cidades, serão realizados todos os tipos de fóruns, encontros, festivais, conferências e eventos (esportivos, culturais, sociais, musicais, artísticos, educativos, etc.) que irão sendo organizados à medida que surjam iniciativas em cada lugar.

No momento, já contamos com centenas de projetos que pessoas e organizações colocaram em marcha.

Para quê?

Para denunciar a perigosa situação mundial que está nos levando à guerra com armamento nuclear - um beco sem saída e a maior catástrofe humana da história.

Para dar voz à maioria dos cidadãos do mundo que não estão a favor das guerras nem da corrida armamentista. Todos nós sofremos as conseqüências da manipulação de uns poucos, porque não nos unimos para dar um sinal. É chegada a hora de que cada um demonstre sua postura, seu rechaço. Une teu sinal ao de muitos outros e tua voz terá que ser escutada!

Para conseguir: a eliminação das armas nucleares em nível mundial; a retirada imediata das tropas invasoras dos territórios ocupados; a redução progressiva e proporcional de armamentos convencionais; a assinatura de tratados de não-agressão entre países; e a renúncia dos governos a utilizar a guerra como meio para resolver conflitos.

Para evidenciar outras diversas formas de violência (econômica, racial, sexual, religiosa), escondidas ou disfarçadas pelos que as provocam e para proporcionar àqueles que a sofrem uma maneira de se fazer escutar.

Para, da mesma maneira que aconteceu com a ecologia, criar uma consciência global da necessidade de uma verdadeira Paz e de repúdio a todo tipo de violência.


PAÍSES E TERRITÓRIOS DO ITINERÁRIO

--------------------------------------------------------------------------------

Oceania e Ásia Oriental:
Austrália. Filipinas. Japão. Nova Zelândia. Papua-Nova Guiné. Timor Oriental.
--------------------------------------------------------------------------------

Ásia Continental:
Bahrain. Bangladesh. China. Coréia do Norte. Coréia do Sul. Emirados Árabes Unidos. Federação Russa. Índia. Iraque. Israel. Mongólia. Nepal. Palestina. Paquistão. Turquia.
--------------------------------------------------------------------------------

Europa:
Alemanha. Áustria. Bélgica. Bielo-Rússia. Bósnia e Herzegovina. Croácia. Dinamarca. Eslováquia. Eslovênia. Espanha. Estônia. Federação Russa. Finlândia. França. Gibraltar. Grécia. Holanda. Hungria. Islândia. Itália. Luxemburgo. Macedônia. Noruega. Polônia. Portugal. Reino Unido. República Tcheca. Sérvia. Suécia. Suíça. Turquia.
--------------------------------------------------------------------------------

África:
África do Sul. Argélia. Benin. Burkina Faso. Camarões. Congo. Costa do Marfim. Egito. Gâmbia. Gana. Guiné-Bissau. Guiné-Conacri. Libéria. Mali. Marrocos. Mauritânia. Moçambique. Níger. Quênia. Senegal. Serra Leoa. Suazilândia. Tanzânia. Togo. Uganda. Zâmbia.
--------------------------------------------------------------------------------

América:
Argentina. Bolívia. Brasil. Canadá. Chile. Colômbia. Costa Rica. El Salvador. Equador. Estados Unidos. Guatemala. Haiti. Honduras. México. Nicarágua. Panamá. Paraguai. Peru. República Dominicana. Uruguai. Venezuela.
--------------------------------------------------------------------------------

Antártida

mais informação:
http://www.theworldmarch.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário